Nova Petrópolis RS: 8 coisas que você deveria saber!

De antemão, Nova Petrópolis RS é um dos destinos mais bonitos do sul do país. Apelidada carinhosamente como “Capital Nacional do Cooperativismo” e “Jardim da Serra Gaúcha” a cidade é repleta de coisas legais para fazer.

Afinal, é cheia de pontos turísticos como mirantes e cachoeiras e dona de muita história e tradição. Definitivamente, você não vai se arrepender de colocar esse pedacinho do interior do Sul no seu roteiro.

Portanto, antes de fazer as suas malas para a Serra Gaúcha confira 8 coisas que você deveria saber sobre Nova Petrópolis RS antes de viajar! Nesse meio tempo encante-se com a cultura e beleza natural que a cidade tem a oferecer.

1 – Sobre a cidade

Imagem: Pinterest

Primeiramente, é importante que você saiba alguns aspectos importantes sobre a cidade. Pois, cada metro quadrado do sul possui uma linda história que reflete nas tradições e costumes.

Nova Petrópolis RS foi colonizada por imigrantes alemães e os vestígios permanecem forte até hoje por todos os lados. A língua alemã é preservada até dos dias atuais. Bem como danças e musicas típicas juntamente com a deliciosa gastronomia e arquitetura.

O Jardim da Serra Gaúcha é uma cidade turística palco de história e muita cultura. Ao passo que são relembrados todos os anos pelos eventos tradicionais, veja só:

Magia da Páscoa (Semana Santa);

Festimalha (Maio);

Festival do Folclore (Agosto);

Feira do Livro (Novembro);

Natal em Cores (Dezembro);

Verão no Jardim da Serra Gaúcha (Janeiro a março);

Festa do Figo (Fevereiro);

Festival Sabores da Colônia (Junho);

Rural Show (Junho de 2 em 2 anos);

Kerb in Tannewald (Setembro);

Festival da Primavera (Setembro).

Os meses de inverno são acinzentados e posteriormente a primavera chega cheia de vigor. Ao mesmo tempo ilumina todos os canteiros da cidade pelas cores e diversos perfumes das flores.

2 – História de Nova Petrópolis RS

Imagem: Prefeitura de Nova Petrópolis

A princípio, bem no começo do século XIX a região do sul era um grande problema ao país. Isso se deve ao fato da liberdade ser conquistada recentemente. Então, nesse meio tempo a segurança e infraestrutura dessas terras era uma grande dor de cabeça para o governo federal.

Em outras palavras, o local era palco de várias disputas entre os portugueses e espanhóis. Simultaneamente o Brasil não tinha exército, principalmente na região do Rio Grande do Sul. Bem como naquela época também não se podia confiar nos portugueses.

Depois de um certo tempo, finalmente veio uma luz no fim do túnel e o governo brasileiro resolveu fazer propaganda na Europa sobre as vantagens em morar nas “Terras do Pau Brasil”.

Dessa forma, as famílias interessadas ganhariam a passagem, isenção de impostos e direito a uma das colônias. Assim, o objetivo era que os europeus ocupassem as terras e em troca os homens serviriam ao exército para manter a segurança.

A fundação de Nova Petrópolis RS

Antecipadamente, em meados do século XIX as terras eram habitadas por índios. Posteriormente as tribos foram desalojadas voluntariamente ao passo que Nova Petrópolis RS em 7 de dezembro de 1858 foi fundada por imigrantes alemães.

Os novos moradores do Jardim da Serra Gaúcha vieram da Pomerânia, Saxônia, Boêmia e Hunsrud. Assim, a historia é preservada até hoje e revivida por vários monumentos e museus.


Primordialmente as terras tinham 35 mil hectares e no ano de 1866 apenas 991 habitantes. Já no ano de 1912 8500 habitantes a atualmente o número da população do município é de 19.405, segundo os últimos dados do IBGE.

3 – O município é considerado a Capital Nacional do Cooperativismo

De antemão, foi em Nova Petrópolis no Rio Grande do Sul que surgiu o Cooperativismo de Crédito. Dessa forma a região é considerada o berço de toda a América do Sul.

Na data de 28 de dezembro de 1902 o Padre suíço Theodor Amstad fundou na cidade o primeiro modelo de cooperativismo. Ou seja, foi essa ideia que deu origem ao sistema de crédito cooperativo que conhecemos hoje.

Assim o modelo de crédito se espalhou fortemente por toda a nação. De antemão, no parque Aldeia do Imigrante você encontra o Museu da Cooperativa Sicred Pioneira.

4 – Nova Petrópolis RS é dona de uma forte cultura alemã

Festival de Folclore Nova Petrópolis RS/ Imagem: Dona flor comunicação

A quarta coisa que você deveria saber sobre Nova Petrópolis RS antes de fazer as suas malas, é com relação a cultura. Afinal, a região é dona de um forte costume vindo das origens alemãs.

Maior parte da população tem origem germânica, ao passo que vieram basicamente das seguintes regiões antigas: Reino da Prússia, Reino da Baviera e Boêmia.

Nesse sentido, os idiomas Pomerano, Boêmio e Hunsruck se instalaram das terras da “Capital do Cooperativismo de Crédito”. Atualmente, a língua medieval Husruck é falado até hoje na Alemanha, conhecido como Hunsruckisch.

Com o decorrer do tempo, a língua sofreu influência portuguesa. Mas, apesar disso é ensinada nas escolas até os dias atuais. Logo, 70% da população de Nova Petrópolis é falante do idioma. Ao passo que são distribuídas entre as áreas urbanas e rurais.

5 – O café da Manhã Colonial típico da cidade é uma delícia!

Imagem: Tripadvisor

Antes de mais nada, o café da manhã colonial do Jardim da Serra é uma delícia e vai encantar o seu paladar! Sabemos que essa é a refeição mais importante do dia, não é mesmo?

Só que na região da Serra Gaúcha as guloseimas são servidas o dia todo, de manhã até a noite. Em outras palavras, são vários estabelecimentos que servem o típico café da manhã colonial abertos até a noite!

Assim como os pontos turísticos, as conveniências mais importantes da cidade merecem a sua visita. Desde já, essa deliciosa refeição é baseada nas origens europeias e cresceu junto com o colonialismo.

Ou seja, isso significa que as receitas europeias se uniram a mistura deliciosa que só o Brasil tem. Definitivamente, o resultado são pratos exclusivos e que deixam os moradores e turistas com água na boca.

Onde tomar o café da manhã colonial em Nova Petrópolis RS?

Você não vai perder essa oportunidade incrível na Serra Gaúcha, vai? De antemão, separamos para você algumas sugestões de lugares para começar o seu dia. Pois dessa forma o seu corpo ganhará muito vigor para visitar os atrativos turísticos da cidade.

Café Colonial Serra Verde

No Café Colonial Serra Verde você encontra a mistura perfeita da culinária alemã e francesa. Antes de mais nada peça a famosa pizza de pão caseiro com linguiça. Além dos demais quitutes essa é uma iguaria da casa.

Café Colonial Recanto dos Plátamos

Primordialmente é importante mencionar que o Café Colonial Recanto dos Plátamos é quem fabrica as geleias. No paladar fica maravilhoso com os pães e bolos servidos no local.

Desde já, são diversas receitas e pratos que fazem parte da mesa do café. Como por exemplo as linguiças artesanais e os deliciosos salgados fritos no mesmo instante.

Sabor do Campo Café Colonial

Nesse meio tempo o Sabor do Campo Café Colonial tem uma grande importância na culinária de Nova Petrópolis. Afinal, é um estabelecimento que chama atenção tanto pelas guloseimas quanto pela arquitetura.

A natureza verde e esplêndida cerca o ambiente rústico do café. De fato, o cenário enche os olhos dos clientes. Juntamente com os pratos típicos da região, como o strudels e waffles.

Além disso, o cardápio é repleto por pães recheados, bolos e demais bebidas quentinhas!

Opa’s Kaffe e haus

Da mesma forma que as outras opções citadas anteriormente, o Opa’a Kaffe e haus é considerado um dos melhores do município. Bem como o café colonial mais delicioso de toda a Serra Gaúcha.

O cardápio por completo é cheio de iguarias que dão água na boca. De antemão são geleias com frutas de época e bolos deliciosos servidos no café da casa.

Além disso, um dos destaques está no saboroso requeijão regional e a torta de cebola. Portanto, experimente-os com torresmos, queijos e frios presentes no menu.

Definitivamente, são muitas opções de comidas e bebidas. Aliás, todas misturam o melhor da culinária alemã e italiana, juntamente com o toque brasileiro que só o nosso país tem.

6 – A temperatura média geral de Nova Petrópolis é de 8°C a 28°C

A sexta coisa que você precisa saber antes de viajar e planejar o seu roteiro é sobre o clima da cidade. Em síntese, os meses de verão são mornos e úmidos e o inverno é ameno.

Seja como for, o tempo na maior parte do ano é com precipitação e céu parcialmente encoberto. Dessa maneira, a temperatura média geral varia entre 8°C a 28°C.

Apesar disso, em casos raros o inverno pode chegar a ser inferior a 1°C e os dias de verão superiores a 33°C.

Qual é a melhor época do ano para visitar Nova Petrópolis?

A cidade de Nova Petrópolis no Rio Grande do Sul é cheia de atividades para fazer ao ar livre. Assim como trilhas, jardins, parques, mirantes e labirintos.


Portanto, a melhor época do ano para programar a sua visita é do meio de fevereiro ao meio de abril. Ou então, no final de outubro ao meio do mês de janeiro. Pois durante essas datas os climas estão agradáveis e com pouca chuva.

7 – A melhor forma para chegar é saindo de Porto Alegre

A princípio a cidade é interior do Rio Grande do Sul faz parte da Rota Romântica da Serra Gaúcha. Sendo assim, são aproximadamente 35km de distância de Gramado.

Antes de mais nada, a melhor forma para chegar no “Jardim da Serra” é saindo de Porto Alegre. Se você for fazer a sua viagem de carro, um bom trajeto é pela BR-116. Ou então pegue um ônibus através da Estação Rodoviária.

8 – Nova Petrópolis é cheia de atrações turísticas

Após conhecer sobre as 8 coisas que você deveria saber sobre Nova Petrópolis, é chegada a hora de desfrutar de toda a cultura e história de pertinho.

Portanto, é fundamental que você inclua no seu roteiro os principais atrativos da região. Desde já podemos citar opções maravilhosas, tais como:

Praça das Flores;

Labirinto verde;

Monumento do cooperativismo;

Parque Aldeia dos imigrantes;

Esculturas Parque Pedra do Silencio;

Parque Ninho das Águias;

Monte Malakoff;

Cascata do Panelão;

Cervejaria Edelbrau;

Casa Amarela;

Museu da família Alberto Hillebrand.

Então, preste muita atenção e confira todos os detalhes de cada lugar nos tópicos abaixo!

Praça das Flores


Imagem: Prefeitura de Nova Petrópolis RS

Antecipadamente, a Praça das Flores é referente a Praça da República, no centro do munícipio. Posteriormente, o nome foi dado carinhosamente por ter vários canteiros de flores. Bem como o local é repleto também por muito verde e encanta os visitantes.

O labirinto verde, o monumento “Portal da Imigração” e “Cooperativismo também fazem parte desse cenário. Juntamente com as lojinhas e cafés espalhados aos arredores.

Labirinto Verde

Imagem: Eu amo Gramado Oficial

O labirinto verde está situado na Praça das Flores desde o ano de 1989 e o morador ilustre Hans Hesse foi quem teve a ideia da criação da atração turística. Atualmente os ciprestes têm 1 metro de altura, dessa maneira a pessoa pode refazer o caminho quantas vezes for necessário.

A primeira vista o percurso demora um tempo médio de 20 minutos e o objetivo principal é chegar ao centro. Pois, exatamente nesse local o turista conta com uma grande surpresa: a vista mais linda da cidade.

Monumento do cooperativismo em Nova Petrópolis RS

Imagem: Um Grande Destino

O monumento do cooperativismo também se encontra na praça das flores. Sobretudo, a obra de arte retrata a importância da união entre as pessoas. Bem como, preza pelos os valores que ajudaram a construir a cidade.

Essa foi uma forma e de homenagear a cidade e do mesmo modo celebrar o centenário da primeira cooperativa de crédito no Brasil.

Parque Aldeia do Imigrante

Imagem: Quanto Custa Viajar

Primordialmente cada espaço do Parque da Aldeia conta história da colonização. Assim como valoriza a cultura alemã por meio de construções germânicas e lojas de artesanato.

Desde já é importante saber que no local estão recheados de guloseimas coloniais. Aliás, esse é um dos maiores destaques dos pontos turísticos da região.

A saber a criação do estabelecimento foi para preservar a história e o passado da colonização alemã. Nesse sentido, o espaço se divide em dois ambientes: a Aldeia Bávara e a Aldeia Histórica. Ao mesmo tempo, o último ambiente citado se refere a representação da história em forma de museu vivo.

A inauguração do parque e toda a sua infraestrutura foi em 12 de janeiro de 1985. Na verdade, o lugar ocupa uma área de 10 hectares, a maior parte de mata nativa da região.

Ao chegar, bem na entrada você encontra a “Aldeia Bávara” com lojinhas de malhas e produtos artesanais. Logo depois está o “salão do baile”, um quiosque para a preservação do Folclore e o Biegarden, o jardim da cerveja. A construção de ambos os prédios foram para realizar as festas tradicionais de Nova Petrópolis.

Ao mesmo tempo, no meio do parque tem uma reconstrução de prédios antigos que formam a Aldeia Histórica. Assim, eles contam a história da estrutura e funcionamento da Aldeia de Imigrantes nos anos de 1870 a 1910. Bem como algumas construções datam mais de 100 anos de existência.

Parque Pedras do Silêncio

Imagem: Tripadvisor

As esculturas do Parque Pedras do Silêncio valorizam a tradição Alemã através da arte. Dessa forma, o espaço mostra a história da colonização por meio dos monumentos.

O ambiente por completo é bem calmo e repleto de verde. Aliás, o parque tem um roteiro autoguiado e se divide em 4 espaços: saga dos imigrantes, espaço das profissões, culturas e tradições.

O diferencial está na opção de poder levar animais de estimação para fazer uma visitinha! Nesse meio tempo, os artistas gaúchos são os autores de mais de 80 obras em arenito.

Prepare-se para andar! Afinal, a natureza verde do parque tem cerca de 400 metros de extensão. Todavia, os bancos estão distribuídos aos arredores para você poder descansar e contemplar o silêncio da vegetação.

O Parque Ninho das Águias é ideal aos amantes de aventura!

Imagem: Prefeitura de Nova Petrópolis

Se você gosta de aventura e turismo em meio a natureza, então com certeza vai amar o Parque Ninho das Águias. Pois, o local é um mirante e também é possível praticar voo livre, como asa delta de parapente.

Essa atração turística do Jardim da Serra está a aproximadamente 9km de distância do centro da cidade. Além disso, tem banheiros e água quente para fazer chimarrão enquanto aprecia a bela vista do mirante.

Assim como o Parque da Aldeia, no Ninho das Águias é permitida a entrada de animais de estimação!

Monte Malakoff

Imagem: Destinos do Sul

Outra opção de passeio sobre as terras gaúchas é o Monte Malakoff, localizado na zona rural. A princípio a inspiração do lugar foi baseado na tradição da Floresta Negra na Alemanha.

Ao mesmo tempo são milhares de trilhas sinalizadas propícias para fazer caminhada e também praticar o cicloturismo. Os roteiros são autoguiados, assim é impossível se perder na floresta.

Os paredões de basalto juntamente com as paisagens do vale do rio caí, vão te encantar!

Faça uma pausa da Cascata do Panelão

Pousada Encantos da Terra

Acima de tudo, a Cascata do Panelão é próximo ao monte Malakoff citado anteriormente. Sendo assim, o ideal é incluir os dois passeios em um mesmo roteiro. De antemão, os dias propícios para curtir o passeio e a cachoeira são os dias mais quentes.

O ponto turístico está situado entre a cidade de Gramado e Nova Petrópolis a 18km do centro da cidade. As águas são cristalinas e de origem subterrânea, contudo é perigoso entrar debaixo da queda d’agua. Seja como for, a cachoeira é maravilhosa e ideal para curtir a natureza.

Cervejaria Edelbrau

Imagem: Férias Brasil

Antes de mais nada, na Cervejaria Edelbrau tem ótimas cervejas e chopes artesanais, típicas da Alemanha. O estabelecimento é perfeito para dar aquela pausa no final da tarde e relaxar.

Primordialmente, o objetivo no negócio é resgatar a tradição festiva dos imigrantes alemães. Em outras palavras, o termo Edelbaru significa em português “cervejaria nobre”.

Nesse sentido, as cervejas mais modernas bem como as tradicionais fazem parte do cardápio de bebidas. Todas presam pela nobreza do sabor e são feitas com ingredientes pré-selecionados. Ao mesmo tempo, as cervejas tradicionais seguem a Lei da Pureza Alemã de 1516.

Gastropub

Simultaneamente com a fábrica de cervejas está o Gastropub, um lugar perfeito para saborear as nobres bebidas juntamente com pratos típicos da culinária alemã.

Aliás, a TripAdvisor elegeu o estabelecimento como o 3° atrativo turístico mais bem avaliado em Nova Petrópolis RS. Também, a cervejaria está de portas abertas para visitação. Assim, você poderá conhecer todo o processo de produção, matérias primas e técnicas utilizadas.

Casa Amarela

Imagem: Prefeitura municipal de Nova Petrópolis

A primeira vista, a Casa Amarela é uma galeria de arte que une a gastronomia e a cultura em um só local. De antemão, o estabelecimento conservas as características da arquitetura original da época.

Ao mesmo tempo as obras de arte contam a história do interior serrano, bem como o desenvolvimento de todo o estado. Vale a pena conhecer o local e também se deliciar com os quitutes típicos da Serra Gaúcha.

O Museu da Família Alberto Hillebrand merece a sua atenção

Imagem: Tripadvisor

Se você ama história e cultura, o museu da Família Alberto Hillebrand merece a sua atenção. De antemão essa antiga propriedade de Adélia e Ovídeo Hillebrand se tornou um museu.

Dessa forma, cada detalhe mostra da história da família de origem boêmia desde a sua chegada no Brasil. Assim, todo o espaço da antiga estrabaria conseguiu ser restaurado.

Antecipadamente os objetos, moveis, documentos e utensílios históricos conseguiram resgatar a essência, cultura e tradição dessa família com o decorrer do tempo.

Finalizando o nosso assunto…

Em fim, cada cidade do Rio Grande do Sul contam em seus detalhes a história do nosso país e da região. O que mais chama atenção é que mesmo com o passar dos anos e toda a modernidade dos tempos atuais , os gaúchos não perderam as raízes de sua origem.

Na culinária, eventos, artes ou museus a historia e a essência europeia permanece viva até hoje. Aliás, esse é um dos principais motivos por atrair a curiosidade e turistas de todo o nosso Brasil.

Em conclusão essas são as 8 coisas que você deveria saber sobre Nova Petrópolis RS. Bom agora que você já tem o conhecimento sobre a cidade é o momento certo para fazer as suas malas.

Leia também “Como viajar gastando pouco”, você vai se amarrar nessas dicas essenciais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *