Passagem de volta ao mundo (RTW): como funciona e como emitir?

A passagem de volta ao mundo (RTW) é uma excelente oportunidade para os viajantes que desejam se aventurar ao redor do globo. Saiba mais!

A passagem de volta ao mundo é uma excelente opção para as pessoas que desejam conhecer diversos destinos e economizar.

Anúncios

A partir de uma única reserva, é possível vivenciar a experiência única de viajar ao redor do globo.

Portanto, se você deseja saber como funciona e como emitir a passagem de volta ao mundo, saiba mais a seguir!

Entenda o que é a passagem de volta ao mundo

A passagem de volta ao mundo (RTW) se caracteriza enquanto uma opção de viagem única e emocionante que possibilita a exploração de diversos destinos a partir de uma única reserva aérea.

Anúncios

Essa modalidade de bilhete é bastante econômico e conveniente, uma vez que permite o acesso a diversos lugares ao redor do globo com flexibilidade em relação ao itinerário e duração da viagem.

Ao escolher uma passagem de volta ao mundo, os aventureiros podem planejar uma rota que conecta continentes diversos em uma mesma viagem.

Isso é capaz de proporcionar uma experiência e tanto. Vale ressaltar que as passagens em questão costumam ser oferecidas por alianças de companhias áreas.

Logo, os passageiros podem usar voos de diversas parcerias dentro de uma mesma reserva.

A rota de viagem ainda pode variar de forma ampla, a depender das preferências do passageiro e também das condições estabelecidas pela aliança ou companhias área.

Várias das passagens RTW contam com regras básicas, como a necessidade de que a viagem seja organizada em apenas uma direção (leste ou oeste) e a obrigatoriedade de retornar ao ponto de origem.

Contudo, mesmo dentro desses parâmetros, a flexibilidade segue sendo um fator significativo, possibilitando paradas em diversos destinos no decorrer do percurso.

Como emitir a passagem de volta do mundo?

Passagem de volta ao mundo

A emissão da passagem de volta do mundo é um procedimento que requer atenção aos detalhes e interação com as alianças e companhias aéreas que oferecem essa modalidade de passagem.

Dessa forma, para emitir a RTW, é necessário seguir os passos descritos na sequência.

1. Planejamento prévio

Antes de iniciar o processo de emissão, é necessário fazer um planejamento claro da sua rota desejada.

Dessa forma, determine os destinos, a direção da viagem e também a sua duração. Considere ainda as alianças e companhas aéreas que melhor atendem as suas necessidades.

2. Escolha da aliança aérea

Conforme citado no decorrer do texto, as passagens de volta ao mundo são oferecidas por alianças de companhias aéreas.

Algumas das companhias conhecidas por oferecem as passagens RTW são a oneworld, SkyTeam e Star Alliance.

Lembre-se de optar pelas alianças que cobre os destinos que estão no seu planejamento, de forma a evitar frustrações.

Cada aliança conta com as suas próprias regras e regulamentações específicas, de forma que é de extrema importância entender as condições antes de prosseguir.

3. Passagem de volta ao mundo: Entre em contato com a companhia aérea

Depois de determinar a aliança, chegou a hora de entrar em contato com a companhia aérea que faz parte dela para que o processo de reserva seja iniciado.

Vale ressaltar que algumas alianças oferecem ferramentas online para a criação de itinerários e outras exigem que você entre em contato por telefone ou presencialmente para que a definição seja estabelecida.

4. Crie seu itinerário

Discuta com a equipe de atendimento da companhia aérea para criar um itinerário capaz de atender as suas necessidades.

Se prepare para fornecer destaques específicos a respeito dos destinos desejados, datas de viagem e preferências de classe e serviço.

5. Conheça as regras e restrições

Cada passagem de volta ao mundo conta com as suas próprias regras e restrições,

Portanto, se certifique de entender completamente os termos relativos a alterações de datas, número máximo de paradas, direção da viagem e outros detalhes.

6. Passagem de volta ao mundo: Considere parceiros de linhas aéreas

Algumas alianças possibilitam que você use parceiros de linhas aéreas para segmentos específicos da viagem.

Esse processo é capaz de expandir suas opções de rotas e horários. Por isso, é fundamental verificar a possibilidade de incluir parceiros em seu itinerário.

7. Fique atento a disponibilidade

Antes de finalizar a reserva, lembre-se de verificar a disponibilidade de voos para cada segmento do seu itinerário.

É necessário se certificar de que há assentos disponíveis nas datas e destinos desejados.

8. Faça a reserva e realize o pagamento

Depois da confirmação do itinerário e verificação de disponibilidade, é o momento de prosseguir para a etapa de reserva.

Se prepare para efetuar o pagamento, que normalmente é feito em uma única transação ou em parcelas, a depender das políticas da companhia aérea.

9. Passagem de volta ao mundo: Receba os documentos da viagem

Após o pagamento, você receberá os documentos da viagem, isso inclui o itinerário detalhado, confirmações de voo e informações que dizem respeito as condições das passagens de volta do mundo.

10. Esteja ciente das regras de alteração

Mesmo depois que a emissão for feita, esteja ciente das regras relativas a alteração do itinerário.

Algumas passagens RTW possibilitam que sejam feitas modificações, mas isso pode exigir taxas ou restrições.

Benefícios da passagem de volta ao mundo

Em comparação as passagens individuais para cada trecho da viagem, a passagem de volta do mundo pode ser mais econômica.

Esse tipo de viagem oferece uma estrutura de preços que leva em consideração a circunavegação global.

Dessa forma, ela se torna uma opção atrativa para aqueles que desejam explorar diversos destinos de uma só vez.

Além disso, uma das principais vantagens da RTW é a oportunidade de visitar vários países em continentes diferentes.

Isso proporciona uma experiência de viagem rica em diversidade cultural, paisagens e experiências.

Os viajantes também possuem a liberdade de escolher quantas paradas desejam realizar e o tempo que vão ficar em cada local.

Essa flexibilidade permite ajustar o itinerário de acordo com as suas preferências individuais.

Conclusão

A passagem de volta ao mundo (RTW) oferece uma oportunidade única para explorar diversos destinos.

Ao seguir os passos para emissão, é possível desfrutar da flexibilidade e economia que esse tipo de bilhete oferece.

Logo, a RTW se estabelece enquanto uma escolha atraente para as pessoas que desejam explorar o mundo.